Saneantes: o Que São, para Que Servem, Quais as Classificações e Aplicações?

Saneantes são produtos destinados à higienização, desinfecção ou desinfestação em domicílios, em ambientes coletivos e/ou públicos, em lugares de uso comum e em tratamentos de água. Essa definição é dada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e esses produtos têm sua regulamentação sob a responsabilidade da Gerência Geral de Saneantes (GGSAN).

O Brasil é o quarto maior mercado de produtos de limpeza do mundo. Ele está atrás apenas dos Estados Unidos, da China e do Japão. Segundo um estudo da Euromonitor, empresa que realiza pesquisas de mercado, esse setor movimentou cerca de US$ 5,8 bilhões no país, em 2015, e projeta uma alta aproximada de 40% em 2020, atingindo cerca de US$ 8,1 bilhões. Mesmo sendo um mercado tão grande, é necessário que o controle sobre esses produtos seja o mais eficiente possível, uma vez que podem apresentar riscos à saúde. Dessa forma, para que esses produtos sejam comercializados, eles devem apresentar uma documentação técnica aprovada pela Anvisa.

1) Para Que Servem os Saneantes?

Saneantes são usados para a limpeza e conservação de ambientes, já que auxiliam na eliminação de sujeiras, germes e bactérias. Esses podem trazer consequências negativas para a saúde, uma vez que são potenciais causadores de doenças. Além disso, esses produtos são usados no controle de pragas de plantações.

2) Quais São as Classificações?

Quanto à finalidade, esses produtos podem ser classificados em três tipos. Uma das categorias é constituída pelos produtos de limpeza geral, como sabões, detergentes e alvejantes. Além destes, existem os produtos com ação antimicrobiana, como os desinfetantes e os esterilizantes. Por último, existem os produtos usados com o intuito de matar, controlar ou repelir seres vivos indesejáveis. Dentre esses há os inseticidas, os produtos para jardinagem amadora, os raticidas e os repelentes.

3) Quais as Aplicações?

Os saneantes podem ser aplicados em todo tipo de ambiente, desde o doméstico até o hospitalar, para a limpeza do local. Dependendo do nível de saneamento desejado, diferentes produtos são aplicados. É possível aplicá-los também em plantações para controlar as pragas. Por fim, são usados em diversos ambientes para a eliminação de insetos e animais, como mosquitos e ratos.

Os saneantes são essenciais, portanto, ao bem estar das pessoas, uma vez que auxiliam na limpeza e na desinfecção de ambientes, além de no controle de pragas. Por meio de pesquisas e dados, é visível que esse setor está crescendo cada vez mais. Dessa maneira, diversas pessoas estão investindo nesse ramo da indústria e diversificando ainda mais os produtos existentes no mercado.

Já possui um negócio ou pretende começar algo novo e se interessou pelos saneantes? Entre em contato conosco!

Deixe uma resposta!

%d blogueiros gostam disto: