Pó de Solda: Descubra como nosso cliente diminuiu drasticamente seus gastos com matéria-prima e aumentou a qualidade de sua produção!

Pessoa soldando metal

Em um país em que é registrado uma média de 77,8 milhões de raios por ano, a utilização de equipamentos de proteção é essencial para a segurança de edifícios. Sendo assim, a instalação de para-raios é indispensável, e ela abrange diversas técnicas e materiais. Por exemplo, existe um material cujo objetivo é auxiliar na soldagem das hastes que suportam as descargas elétricas. Esse material é conhecido como Pó de Solda. Sendo um produto pouco conhecido no mercado brasileiro, nosso cliente percebeu isso e decidiu aproveitar a oportunidade de iniciar uma produção.

Sobre o cliente

Nosso cliente é referência nacional em SPDA (para-raios), e oferece produtos, serviços e cursos relacionadas à área. Resumidamente, seu portfólio contempla desde a fabricação de equipamentos até o fornecimento de projetos de engenharia e consultoria no segmento. Ou seja, é uma empresa referência no setor, e com bastante credibilidade no âmbito da consultoria.

Desafios

A empresa possui um conjunto de produtos, sendo o pó de solda um deles. Contudo, o item era terceirizado, ou seja, nosso cliente não fabricava o pó exotérmico. Dessa forma, o material  começou a apresentar alguns problemas, principalmente relacionadas à sua propriedade exotérmica, visto que era fabricado de forma caseira. Por conseguinte, a empresa, por possuir valores como qualidade e comprometimento, sentiu a necessidade de buscar uma solução. 

Ícone de Raio

Análise Inicial do Pó de Solda

Dado a situação, o cliente nos procurou com o intuito de obter informações essenciais para possibilitar a fabricação do produto. Nesse sentido, realizamos um diagnóstico juntamente com a empresa e instituímos etapas personalizadas do Estudo de Viabilidade e Inovação, serviço oferecido para entender parâmetros essenciais e decisivos ao lançar um produto pouco conhecido. Além disso, o cliente deixou definido suas principais prioridades: ter um embasamento quanto à fórmula do pó de solda; e produzir o produto em concordância com a legislação brasileira.

Solucionando o problema

Assim, com a análise e prioridades da situação, foi dado início ao projeto que determinaria o sucesso do cliente. Nesse aspecto, atuamos em 3 frentes: produto, processo produtivo, e normas.

1. Produto

Para essa etapa, foi feito um estudo relacionado ao entendimento do pó de solda. Ou seja, como é o mercado atrelado, preço dos concorrentes, quais os ingredientes utilizados, embalagens mais convenientes, durabilidade adequada, etc. Essa fase foi essencial para definir as variáveis que iriam assegurar uma vantagem competitiva ao produto. Variáveis como velocidade reacional, resistência à corrosão e fluidez da escória foram importantes para agregar propriedade exotérmica para o produto.

2. Processo Produtivo

Nessa parte do projeto, foi realizado um estudo acerca do processo produtivo do pó de solda desde a chegada da matéria prima, até o envasamento do produto final. Essa etapa foi importante, pois a eficiência produtiva é um fator determinante do pó exotérmico. A otimização de processos  foi crucial para o cliente executar práticas que visam produzir mais, de forma sustentável, gastando menos recursos, assim melhorando a escalabilidade da produção.

Ícone de homem com uniforme e um ferro de solda ao lado

3. Normas

Na implantação de qualquer processo produtivo, é imprescindível que se atenda às normas, para que a produção ocorra de maneira adequada e legítima. Dessa forma, no último pilar do projeto, foi realizada uma pesquisa detalhada da legislação. Tal etapa teve objetivo de fornecer instruções acerca da regulamentação do estabelecimento e da produção. Além disso, como o pó exotérmico se trata de um sólido inflamável, leis relacionadas à rotulagem e a classificação de produtos químicos  foi fundamental, devido, principalmente, à preservação da segurança dos trabalhadores envolvidos.

Resultado

Com o projeto finalizado, o cliente dispôs de todas as informações necessárias para produzir o pó de solda. O embasamento teórico garantiu o cliente uma baita economia na sua produção. E você, será que não está na hora lançar um produto tão inovador quanto um pó de solda? Entre em contato com a gente para uma qualificação gratuita!

 

Deixe uma resposta!

%d blogueiros gostam disto: