Montar uma fábrica de sucesso com pouco dinheiro: Saiba como!

Segundo pesquisa realizada pela GEM (Global Entrepreneurship Monitor), em 2019, o Brasil chegou a 38% na TTE (Taxa de Empreendedorismo Total). Cerca de 52 milhões de brasileiros possuem negócio próprio.  Com isso em vista, percebe-se que empreender pode ser uma grande oportunidade para o êxito financeiro e profissional. No entanto, o mercado é altamente competitivo e exigente, são necessárias diversas otimizações nos processos para se expandir o negócio. Dessa forma, é preciso considerar também, que, várias pessoas desconhecem o meio mais apropriado para chegar ao sucesso e, muitas vezes, perdem tempo e dinheiro. Em vista disso, é de suma importância saber como montar uma fábrica de sucesso, sobretudo, com pouco dinheiro. Descubra aqui alguns passos simples que podem te ajudar com esse objetivo. 

1- Conheça seu processo em pequena escala

É essencial que você tenha um plano de negócios completo, com as principais informações sobre sua produção atual. Nesse cenário, alguns aspectos, mesmo em uma produção caseira, serão importantes para que se dê um próximo passo. 

Tendo uma operação de pequeno porte, tente analisar os aspectos e parâmetros gerais. Sendo assim, conheça todas as etapas de sua produção. Além disso, saiba qual a matéria prima utilizada, qual o maquinário ou equipamento atual e qual o tipo de mão de obra empregado. Com isso, você terá uma organização inicial mental e descrita de seu processo, que poderá guiá-lo nas etapas subsequentes.

Além do processo produtivo, dados sobre seus lucros e custos atuais, público de interesse e público-alvo do produto serão muito importantes. Aproveite para também analisar se existe um plano de vendas e marketing já feito.

Por último, conheça os atuais riscos já enfrentados por seu negócio. Por exemplo, se seu produto vende mais de acordo com uma certa época do ano, um risco é que haja acúmulo de estoque em certos períodos e falta desse em outros.

 2- Opte por um maquinário simples

Um novo equipamento gera um impacto direto na produção, além de ser um alto investimento. Por isso, é preciso definir quais etapas são as mais indicadas para serem otimizadas para que seu investimento não seja inutilizado.  Tendo isso em vista, optar por equipamentos mais simples mas com bons custo-benefícios será importante para montar a fábrica de sucesso.

  • Pesquise sobre os equipamentos e sobre equipamentos semelhantes: tenha referências, conheça as especificidades técnicas dos equipamentos, a capacidade produtiva, o gasto energético, o avanço tecnológico, em geral é melhor gastar mais e comprar um equipamento moderno do que comprar algo barato mas obsoleto. É interessante pesquisar também as vantagens e desvantagens de comprar o equipamento usado.
  • Avalie a relação preço x qualidade x tamanho: nem sempre o equipamento mais barato será a melhor opção. Além disso, pense no tamanho do aparelho, quanto mais compacto, maior a otimização do seu espaço. Uma mesma máquina pode realizar diversas funções.Ícone representativo de uma máquina com diversas funções
  • Escolha o fornecedor ideal: certifique-se que os equipamentos serão seguros e eficientes, as garantias serão cumpridas e o suporte técnico será rápido.

3- Faça orçamentosÍcone de calculadora ao lado de papel e caneta, representando a confecção de um orçamento

O orçamento serve para determinar quanto dinheiro você tem, o quanto você gasta e o quanto precisa receber para alcançar o lucro desejado. Além disso, o preço das matérias primas e do maquinário tem impacto direto no preço e na qualidade do produto final. Dessa forma, para montar uma fábrica de sucesso, um orçamento otimizado pode  gerar bastante economia. 

Para um orçamento relativamente simples, mas com informações relevantes, uma planilha pode ser ideal. Para construí-la, saiba suas entradas e saídas e as liste:

  • Entradas: todas as fontes de renda. Como exemplo:  Venda dos produtos, dinheiro em poupanças, venda de produtos intermediários, etc.
  • Saídas fixas: todos os custos que não dependem da produção. Exemplo: Internet, aluguel, salário dos funcionários. 
  • Saídas variáveis: todos os custos que dependem diretamente da quantidade produzida, tais como matéria prima, energia, consumo de água, etc.
  • Saídas pontuais: despesas não usuais, mas necessárias. Nessas temos, como exemplo: reformas, compra ou reforma de equipamentos, cursos de capacitação, dentre outros.

4- Analise a concorrência

Os concorrentes podem ser um dos seus maiores aliados em uma estratégia para montar uma fábrica de sucesso. As vantagens são inúmeras! Dentre elas, temos: determinar as lacunas e as tendências do mercado, verificar erros e acertos de seus concorrentes, descobrir técnicas efetivas de vendas, saber quais fornecedores podem ser ideais, etc. Além disso, pode-se ter insights para desenvolvimento de produtos inédito,  melhorias no marketing e nas estratégias de venda, dentre outros. Sendo assim, é importante saber quais parâmetros devem ser analisados.

Computador com barras e setas.

Identifique a concorrência. Pesquise por empresas que oferecem um serviço ou produto que pode substituir o seu, esses são seus concorrentes diretos. As empresas que oferecem um serviço ou produto que não podem substituir o seu, mas pode satisfazer a mesma demanda são seus concorrentes indiretos.

Faça a comparação com a concorrência: apenas a concorrência direta é analisada e serão 3 categorias. Primeiramente, são analisados os produtos. Ou seja, você deve saber quais são os produtos oferecidos pela concorrência, o preço e a qualidade destes. Depois disso, analise as vendas. Entenda todo o processo, sabendo quais são os principais canais, os vendedores, etc. Por último, é importante que se analise a estratégia de marketing de seu concorrente. Busque pelo site/blog, verifique a frequência que os conteúdos são publicadas e a qualidade destes. Faça uma análise SWOT dos pontos coletados acima (negócios, vendas e marketing), descubra as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças do seu concorrente e da sua empresa e compare os resultados.


5- Pesquise as principais normas para montar uma fábricaPapel com carimbo ao lado

Existem 36 Normas Regulamentadoras (NRs), obrigações trabalhistas que devem ser seguidas pelo empregador e empregado. Foram criadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego, com o objetivo de prevenir acidentes, conservar a saúde, segurança e integridade dos operários.

O órgão que fiscaliza as normas é a Secretaria de Segurança e Saúde do Trabalho (SSST). Caso não sejam cumpridas, tanto a empresa quanto o trabalhador, sofrerão as devidas punições. Sendo assim, uma pesquisa de normas pode prevenir prejuízos futuros. Além disso, para montar uma fábrica de sucesso, é importante que consumidores e funcionários sejam respeitados. Uma das formas de garantir isso é tendo regulamentadas as normas em seu negócio

Além de normas gerais regulamentadoras, para cada tipo de negócio, há diversas normas específicas que irão garantir segurança ao consumidor final e àqueles envolvidos no processo.

6- Analise os riscos envolvidos

Ícone sinalizando perigoUm risco é uma situação hipotética que pode ser tanto benéfica quanto maléfica para a empresa. Sendo assim, a análise destes é fundamental para a tomada de decisões.  Saiba aproveitar as oportunidades e evitar os perigos para montar uma fábrica de sucesso. Os riscos podem ser internos, específicos e fáceis de controlar. Eles também podem ser externos, não dependendo diretamente da empresa e não podendo ser controlados.

  • Identifique os riscos: pense em situações nas quais a empresa pode ter uma grande recompensa ou um grande prejuízo, não necessariamente financeiro.
  • Avalie os efeitos: separe os riscos por categorias, analise as consequências se esse risco de fato acontecer e o impacto delas.
  • Gerencie os riscos: selecione pessoas para observar a ocorrência ou não dos riscos e decidir o que fazer se acontecerem, como reduzi-los se negativos e potencializa-los se positivos.
  • Analise-os periodicamente: a avaliação de riscos não é um compromisso pontual. Observe os padrões ao longo do tempo e revise com frequência. O cenário pode mudar, procure novos riscos não foram relevantes na avaliação anterior.

Fica claro, portanto, que para montar uma fábrica de sucesso é preciso realizar um cuidadoso planejamento para não perder tempo e dinheiro com erros que poderiam ser evitados. Tal pesquisa, em geral, é extensa e trabalhosa. Por isso, em alguns casos, as fontes podem ser de difícil acesso ou pouco confiáveis. Nesse contexto, um estudo aprofundando e de qualidade pode garantir uma saída a frente no mercado. Dentre as opções disponíveis no mercado, uma consultoria especializada pode ser extremamente útil,  garantindo uma estruturação otimizada de seu negócio. A Mult Jr estará sempre disponível para te ajudar nesse processo e em muitos outros. Entre em contato conosco!

 

Deixe uma resposta!

%d blogueiros gostam disto: