Higiene na indústria: Quais medidas devo adotar?

Mulher com touca e jaleco em uma indústria

Você já comprou algum produto estragado? Ou descobriu que alguns lotes do produto estavam contaminados? Você voltaria a confiar nessa empresa? Se sua resposta para essa pergunta é não, continue a ler este texto. Uma adequada higiene na indústria é essencial para evitar esses tipos de problema.

Alguns dos benefícios de uma higienização correta são aumento da vida útil dos equipamentos, redução dos riscos de contaminação dos produtos e, consequentemente, dos consumidores. Além disso, proporciona um ambiente de maior qualidade aos funcionários e traz mais confiabilidade à empresa. Assim, a higiene na indústria traz inúmeras vantagens e deve ser uma preocupação dos produtores, uma vez que o descuido com esse aspecto da produção pode significar o fracasso da marca.folha com checklist

Diante disso, existem documentos que regulamentam e orientam sobre como a higiene na indústria deve ser realizada. Tais documentos são conhecidos como Procedimentos Operacionais Padrão (POP’s). Em síntese, eles descrevem de forma detalhada como a higiene de equipamentos, manipuladores e outros elementos da indústria deve ser realizada.

Listamos abaixo dicas de como a higiene na indústria deve ser feita. Também contamos um pouco sobre quais as principais fontes de contaminação e como evitá-las.

 

Higiene dos funcionários/manipuladores

Funcionários ou manipuladores são todas as pessoas que entram em contato com o produto. São quem produz, transporta, recebe e distribui o bem para o consumo. Assim sendo, em todas essas etapas podem ocorrer contaminações químicas, físicas e por microorganismos. Então, é  essencial a adoção de práticas que garantam a higiene na indústria e evitem contaminações.

mãos sendo lavadas com água saída de uma torneiraPortanto, os funcionários devem manter sua higiene pessoal e utilizar uniformes adequados. Em indústrias como a alimentícia maiores cuidados devem ser tomados. Os manipuladores devem lavar as mãos de forma adequada e com frequência, além de utilizar equipamentos de proteção individual (EPI’s). Dentre esses equipamentos, estão luvas, toucas, aventais, uniformes e calçados de segurança. A manipulação dos alimentos não deve ser realizada por pessoas adoecidas ou com alguma lesão nas mãos e unhas. Além disso, durante o tempo de manuseio não se deve utilizar adornos como anéis, brincos e pulseiras.Quatro ícones: um rapaz usando uma máscara de higiene, uma mulher usando uma máscara de higiene, botas de higiene industrial, luvas higiênicas.

Para assegurar que sua indústria ou negócio esteja aplicando essas e outras medidas é necessário adotar os Manual de Boas práticas de Fabricação (MBPF). Este é um documento que registra informações e procedimentos de preparação e higienização dos funcionários e do estabelecimento, além de outros elementos. Dessa forma, o trabalho e a higiene dos manipuladores são fundamentais para garantir produtos seguros, isto é, que não coloquem a saúde dos consumidores em risco, nem a confiabilidade da marca.

Higiene dos equipamentos

Mais que ser cuidadoso com a higiene dos manipuladores, é necessário preocupar-se com o estado dos utensílios e equipamentos. Existem diversos tipos de contaminação e tudo que entra em contato com o produto deve ser bem higienizado. Sendo assim, estão disponíveis no mercado vários procedimentos de higienização.

Higiene industrial - cozinha industrial limpa

De forma geral, a limpeza desses objetos deve ser realizada em duas etapas básicas. A etapa de limpeza, na qual ocorre uma pré-lavagem para remoção das sujeiras como restos de alimentos e poeiras. Ou seja, remoção daquilo que conseguimos ver.

Na etapa seguinte, o material passa por uma desinfecção que permite a eliminação de contaminações por microrganismos. Nesta etapa, podemos recorrer à agentes químicos e físicos. Os agentes químicos correspondem a soluções como álcool e hipoclorito de sódio (água sanitária). Assim também podem ser usados agentes físicos, como água quente ou de choque térmico.

Higiene do estoque e transporte

Manter os cuidados com a higiene durante o transporte e o armazenamento é tão importante quanto durante a produção. Sendo assim, este também é um dos desafios enfrentados pela indústria.

Armazém de estocagem com caixas de estoque

Além de manter o local de armazenamento limpo e arejado, é importante organizá-lo identificando os produtos, sua data de fabricação e validade, caso se aplique. Do mesmo modo, cabe também citar o cuidado de estocar separadamente as substâncias que possam se contaminar.

Alguns produtos podem necessitar de um tempo ou temperatura de armazenagem e transporte especiais, principalmente no caso de alimentos. Dessa forma, cabe ao produtor buscar por mais informações e adequar seu processo aos regulamentos específicos.

Controle de pragas

Por último, mas com igual importância devemos tomar ações que visem o controle de pragas. Esse fator ajuda a garantir a saúde dos seus produtos e evitar perdas econômicas para o seu negócio. Para impedir que roedores, insetos ou aves danifiquem a produção e causem risco às pessoas, algumas medidas podem ser tomadas.

As medidas preventivas visam impedir que as pragas apareçam e se proliferem no ambiente de produção e estoque. Isso inclui acondicionar o lixo em local apropriado, utilizando recipientes com boa vedação e acionamento manual, realizando um descarte adequado. Além disso, o uso de telas e ralos sifonados pode impedir a passagem destes vetores.

Latas de lixo metálicas

Junto a essas medidas, é essencial educar e conscientizar todos os colaboradores para a importância da manutenção da higiene no ambiente e seguimento de boas práticas. Todas essas medidas precisam ser inspecionadas e revisadas com frequência para garantir sua efetividade.

Nos casos em que apenas a prevenção não é suficiente, é possível tomar ainda medidas corretivas. Estas incluem a colocação de barreiras físicas à passagem de pragas, armadilhas e controle químico. É importante que o controle químico através da dedetização seja feito por empresas especializadas com um intervalo de 180 dias.

Homem limpando teto de uma indústria

Percebeu? Com medidas simples e de fácil aplicação é possível adequar a sua indústria às normas e melhorar a confiança dos consumidores na sua marca.  Da mesma forma, você também ganha prolongando a vida útil dos equipamentos e produtos e cria um ambiente de trabalho saudável e produtivo. Na indústria alimentícia, por exemplo, a higiene é algo essencial ao controle de qualidade da produção.

Desse modo, se ao ler esse post você identificou na sua indústria a necessidade de implementar melhorias, entre em contato conosco. Nós podemos ajudar e contar com uma consultoria especializada nesse assunto faz toda a diferença!

Deixe uma resposta!

%d blogueiros gostam disto: