Alimentos Probióticos: o que são e por que você deve investir neles?

Alimentos probióticos são aqueles que contêm bactérias e leveduras (tipo de fungo unicelular) vivas que proporcionam benefícios para o nosso organismo, especialmente para o sistema digestivo. Esses organismos auxiliam na absorção de nutrientes e no fortalecimento do sistema imunológico.

Você pode se assustar com a ideia, mas os probióticos já estão presentes em nosso organismo desde o nascimento. E ainda, o seu consumo é mais comum que se imagina. Segundo uma pesquisa realizada pela Ganeden – uma empresa de produtos a base de probióticos -, a América Latina é um dos maiores consumidores desses produtos, onde o Brasil representa 52% do mercado, seguido do México, com 32%. Eles são adquiridos por meio da alimentação, principalmente por alimentos frescos e fermentados, como picles, iogurtes e kombuchá.

Benefícios dos alimentos probióticos

Para se ter uma ideia, existe certa de 10 vezes mais micro-organismos no intestino, iogurtemucosas e pele que o número total de células no corpo. Mas, por serem tão pequenos, representam apenas de 1% a 3% do peso corporal. Dentre esses micro-organismos, os probióticos atuam diretamente na regulação do funcionamento do intestino, melhorando a digestão, aumentando a absorção de nutrientes, produzindo vitaminas e diminuindo a azia.

Além disso, atuam regulando a microbiota, combatendo doenças intestinais e bactérias resistentes a antibióticos e também diminuindo o colesterol. Ao passo que fatores como estresse, tipo de dieta, uso de medicamentos e idade podem alterar o equilíbrio dessas bactérias e fungos no corpo. Por conseguinte, esse desequilíbrio abre espaço para o desenvolvimento de bactérias patogênicas.

Os alimentos probióticos também são usados em dietas, pois ajudam na perda de peso como um alimento saciável e prevenindo a obesidade.

Tipos de probióticos

Apesar de terem muitos alimentos com a presença de micro-organismos, não são todos que são probióticos. Isso porque apenas alguns deles têm seu benefício comprovado.E foi bacteriascom o desenvolvimento da pesquisa desses alimentos que se descobriu os seguintes grupos principais:

Lactobacilos

Um grupo que abrange mais de 50 espécies. São os mais conhecidos, sendo encontrados em iogurtes e bebidas fermentadas. Os lactobacilos fortalecem o sistema imunológico e atuam no controle de doenças, como a diarreia. Além disso, minimizam os efeitos colaterais dos antibióticos que desequilibram a flora intestinal. E ainda melhoram a digestão e absorção de nutrientes, como cálcio e ferro.

Leveduras

As leveduras são fungos unicelulares e, diferentemente do gênero Lactobacilos, elas possuem apenas uma espécie probiótica: a Saccharomyces boulardii. Esse probiótico é usado como no combate de distúrbios intestinais, como diarreia associada ao uso de antibióticos, de pacientes HIV positivo e adquiridas em viagens.

Bifidobactérias

Contêm cerca de 30 espécies. São considerados os melhores indicadores de saúde intestinal. Elas trazem benefícios a uma doença chamada Síndrome do Cólon Irritável, diminuindo a dor, desconforto e inchaço. Além disso, estão relacionadas a menor incidência de alergias e prevenção de algumas formas de tumor.

Estreptococos

São bactérias que fazem parte da flora bucal, mas que também estão no intestino, trato respiratório e pele. A S. thermophilos, por exemplo, produz lactase, que pode ajudar pessoas com intolerância a lactose e também o aumento de resposta do organismo a alergias.

Alimentos Probióticos

Iogurte

O iogurte é um dos mais conhecidos e muito consumidos durante o café da manhã, da tarde ou intervalo entre refeições. Além de lactobacillos vivos, a bebida também uma fonte de cálcio e vitaminas do complexo B.

Kefir de Leite

Resultado de imagem para kefir

Sabemos que esse nome pode soar diferente, mas podemos garantir que você ainda vai ouvir falar muito sobre o kefir. Constantemente chamado de alimento do futuro, além de equilibrar a microbiota intestinal, auxilia no controle da pressão arterial e combate ao processo inflamatório do sistema nervoso central.

O método de preparo desse alimento também é muito simples, a partir da fermentação do leite por meio dos grão de kefir em casa.

Kefir de Água

O kefir de água, diferente do de leite, é uma bebida gaseificada e refrescante. Ele pode ser saborizado e adoçado, se tornando um substituto saudável para refrigerantes e outras bebidas industrializadas.

Kombucha

two clear drinking glasses with filled red liquid

O kombucha é uma bebida gaseificada obtida através da fermentação de chás, sendo o mais comum deles o chá preto. O processo de fermentação consome o açúcar do líquido dando lugar a várias enzimas e vitaminas. Além disso, esse processo confere à bebida um sabor ácido levemente adocicado e bastante saboroso.

Chucrute de Repolho

Essa iguaria alemã é basicamente uma conserva de repolho fermentado, entretanto, dependendo da receita, diversos outros vegetais podem ser adicionados para agregar ainda mais sabor. O processo de fermentação do repolho potencializa ainda o seu valor nutricional, aumentando a concentração de vitaminas, principalmente as do complexo B, e de enzimas.

Por que investir nos probióticos

O mercado de alimentos probióticos no Brasil aparenta ser bastante promissor. Como já citado, o Brasil possui um grande mercado na área, com crescimento previsto de 11% até 2022, segundo a CAGR – Taxa de Crescimento Anual Composta. Enquanto que para o mercado global está projetado o crescimento de U$ 64 bilhões (7%).  

Esses dados acompanham os novos comportamentos do consumidor brasileiro, que se dinheiropreocupa mais com a sua saúde e os alimentos que consome. Além disso, outro fator favorável ao investimento na produção de alimentos probióticos é o grande boom nos produtos de origem artesanal, principalmente no setor de bebidas, conservas, compotas e queijos. Essa tendência de consumo favorece a criação de pequenos e médios  empreendimentos, pois terão uma vantagem competitiva em relação aos produtores de larga escala.

Com esses dados e os benefícios dos probióticos, esses alimentos são uma estratégica forma de investimento. Ficou interessado no assunto? Entre em contato com um dos nossos consultores especializados.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta!

%d blogueiros gostam disto: